terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

COMO FAZER MAQUETES

Como fazer maquetes 

Existem diversas formas e modos de se construir maquetes. Desde as maquetes ou projetos profissionais os que trataremos mais especificamente aqui, dentro desta postagem: As maquetes escolares. Utilizadas como modo de trazer realidade às aulas e torná-las mais concretas e dinâmicas, os vêm utilizando as maquetes. O é que nem sempre elas são construídas ou na . E aí surgem as dúvidas, os questionamentos que tentarei sanar ao menos um pouquinho aqui: Afinal, como se faz uma maquete? Que materiais se pode utilizar? Como torná-la real e ao mesmo tempo possível de transportar à Escola? Vamos descobrir isto juntos?


    Um modo de fazer maquete que vem sendo muito utilizado é o 'desdobrável', ou a maquete feita propriamente dentro de uma . Pode ser caixa de papelão grande ou caixa de sapato, isto depende do seu e do tamanho que deseja dar a ele.

Aqui logo coloco as das maquetes feitas pelos aluninhos da Tia Evanildes, em caixas de sapato. Como ela mesma explica:

"A criação dessas maquetes contruídas dentro de uma caixa de sapato veio da necesidade de ter um recurso que explicasse para as crianças com é a vida no e na cidade, este é o nosso tema trabalhado nas festas juninas."

Achei lindíssimas as maquetes deles, em caixas de sapato e posto as fotos, aqui, para que possam ter uma idéia de como fazê-las. O tema, neste caso, foi "Zona Urbana e Zona Rural".

Fotos:

 Maquete desdobrável, uma interessante sugestão!



Observem como a tampa da caixa se transformou no céu, toda forrada de azul.


 
Encontrei este vídeo e achei que explica bastante e sendo assim, pode ajudar:

Como fazer maquete desdobrável?
 
http://www.youtube.com/watch?v=xM0UaWANHls&feature=player_embedded#!



Vídeo: Filmagem de uma maquete pronta

http://www.youtube.com/watch?v=gLU6hfTzVoA&feature=player_embedded


Elaboração de maquete

    Para elaborar uma maquete é necessário reservar alguns materiais ou mesmo optar pelo tipo de material que deseja utilizar, lembre-se que as palavras de ordem são os três erres: reciclar, reaproveitar, reutilizara, dando a aparência que deseja dar à mesma. Abaixo, dou algumas sugestões que podem ser úteis na hora da escolha:

A da maquete poderá ser feita com:
1. de isopor (lembro que este tipo de material é nocivo ao meio ambiente!);
2.Folha de Eucatex.
3.Tampo de madeira;
4.Tampa de papelão grosso e firme;
5.Folha de firme;
6.MDF;
7.Caixa de papelão grande;
8. Caixa de sapato;





Os imóveis ou casas podem ser feitos com vários materiais:

1. Caixas variadas, como de fósforo, em pó, aveia, medicamentos, cosméticos etc. Você precisará pintar as caixas ou cobri-las com papel colorido e em seguida colocar , janela, telhado, chaminé etc utilizando papéis coloridos, eva, , pincéis, etc.




 Maquete de prédio construída pelas estudantes de Engenharia da Unipac



2.Desenhados em papel cartão, contornados com Pilot preta, coloridos.
Novamente recomendo que somente utilize este recurso se desenha bem ou então utilize moldes de casas e prédios. Temos diversos moldes no final desta postagem. 

Veja esta feita de papel, utilizando um molde:

O molde da casa abaixo está no final desta psotagem.



Ela é da Casa de Papel


Esta outra casinha é do Banana Craft.

 
3.Recortados de revistas e colados sobre papel firme;

4.EVA (emborrachado) recortar e montar todas as partes:

 Esta casinha é do Ateliê do EVA



5.Cartolina (apenas a fachada). Somente é recomendada se você desenha bem ou vai utilizar moldes. Caso contrário suas casas podem ficar mal feitas e isto empobrecerá o seu trabalho. 

6. Papel corrugado (principalmente para edifícios que podem ter formato redondo. Se você precisa fazer maquete de castelo, com certeza deve utilizar rolos de papelão para fazer as torres, bastando pintar e colocar telhado e janelas:



 Veja um exemplo de maquete de castelo em nossa próxima posategem!!!

As ruas e avenidas podem ser:
1.Feitas com areia ou terra colada ao fundo;
2.pintadas com tinta guache preta imitando o asfalto;

 Na imagem acima, os alunos da Escola Santo Agostinho trabalham no Projeto Trânsito Legal, construindo suas maquetes. Observe as estradas bem pintadas de preto e com a sinalização bem feita, em branco.

A turma do 2º Período D, da professora Janaina Dulce, envolveu-se de forma divertida na compreensão dos direitos e dos deveres de cada um no trânsito e, consequentemente, na adoção de atitudes de respeito e responsabilidade no trânsito.

"Uma maquete com ruas, casas, prédios e semáforos foi confeccionada pela turma com sucatas diversas para que pudessem brincar e simular situações do trânsito urbano. Em um passeio pelo estacionamento do Colégio, as crianças também puderam observar a sinalização para veículos e para pedestres, aprender como atravessar uma rua ou como andar em calçadas e também puderam discutir sobre comportamentos adequados no interior do transporte escolar ou no carro do papai ou da mamãe.

Bem informadas, as crianças passaram a ser agentes mirins de trânsito, multiplicando comportamentos, agindo corretamente e repassando para a família, os amigos e os vizinhos o que aprenderam e vivenciaram."



3.recobertas de grama feita com crepom em tirinhas muito finas;
4.recobertas de grama feita com as tirinhas finas do papel de bala verde;
5.pintadas no fundo com tinta guache verde ou marrom dependendo do tipo de terreno.

Para fazer relevos, montes, montanhas:

1.Argila ainda é uma opção muito boa, podendo ser modelada a vontade, dando a altura e o formato desejado ao terreno. E o pacote de argila custa baratinho, podendo ser comprado em qualquer papelaria ou loja de produtos para artesanato e decoração.

Veja:



 
2.Barro modelado, o que exige certo tempo de secagem;
3.Papel pedra imitando rochas;

 Nas imagens abaixo você pode ter uma idéia de como utilizar o papel pedra para fazer as rochas. O trabalho foi desenvolvido pela EBI.



 O tema da aula  era "O homem que constrói sobre a rocha", um tema bíblico.


4.Massa de Modelagem colorida (se a maquete não é tão grande)

Veja a floresta de massinha da turma 101:

 Esta atividade foi realizada pelos aluninhos do Colégio Pedro II, no RJ.  Após um jogo sensorial onde eles tinham que descobrir, usando apenas as mãos, o que tinha dentro do saco e depois, de ouvir a história do livro O SACO de Ivan e Marcello, foi muito interessante observar como os pequeninos gostaram do trabalho com a massinha de modelar.
O livro relata a surpresa de vários animais ao encontrar um saco no mato. E na massinha eles puderam fazer os personagens da história ou criar outros bichos. Para alguns parecia ser a primeira experiência com o material, mas o desafio foi encarado e o sucesso apareceu estampado no sorriso de cada um.
Muito interessados e concentrados construíram uma floresta...(Texto retirado do Blog da escola)



5.jornal molhado batido em liquidificador, misturado com cola e tingido com guache verde, marrom, cinza, dependendo do que se deseja modelar.

 A imagem acima mostra a utilização da técnica Paperclay para fazer modelagem e diversos objetos. Ela pode tranquilamente ser utilizada para fazer elementos de maquete. (Em nossa próxima postagem, estaremos ensinando esta técnica). É claro que para a maquete não precisaremos utilizar forno, precisando apenas deixar as peças, animais, casas etc. secarem, para podermos pintar.


Os automóveis podem ser:
1.carrinhos de plástico bem pequenos comprados em lojas;




2.confeccionados com sucata (caixas recobertas e desenhadas);


Veja aqui diversos modelos de carros feitos com sucata!

3.Recortados de revistas e colados em cartolina firme;

(Em nossa próxima psotagem estaremos ensinando a fazer muitos moldes de carros)

4.Montados com eva;
 
5.Desenhados em cartolina e recortados;
6. Modelados em massinha ou biscuit. (Quer aprender a fazer massa de modelar caseira? Aguardem as próximas postagens!!!)





As pessoas:
1.recortadas de revistas (fotos de pessoas reais, o que dá um efeito muito legal à maquete);
2.Bonequinhas e bonequinhos pequenos plásticos;
3.Playmobil;
4.Desenhados em cartolina, coloridos e recortados;

Árvores, animais e plantas:
1. feitos com crepom, palitos de picolé e fósforo, papel de bala franjado verde, tecido verde, recortados de revistas, desenhados em cartolina, modelados com massinha etc.

Você pode utilizar muitos materiais, pode criar a vontade! Palitos de picolé, de churrasco, para fazer postes (pinte-os com guache cinza), barbante ou lã para fazer fiações, desenhar placas de sinalização de trânsito, colar em palitos de dente e espetar, dar nomes engraçados ao comércio, fazer uma feira livre onde os legumes e frutas são modelados com massinha colorida etc.

(Nas próximas postagens, estaremos ensinando como fazer moldes de profissões)

(Sensacional!!! Próxima postagem - Como fazer uma maquete de vulcão com reação química)

Texto de: Profa Elizabeth Freitas
(Se você tiver sugestões ou fotos de maquetes que construiu, envie-nos)

Vídeo: Sugestão de maquete sobre poluição ambiental:

http://www.youtube.com/watch?v=uMDpMx0GGQ0&feature=player_embedded











Maquete Geografia

Maquetes podem ser muito utilizadas em aulas de Geografia. Abaixo tentamos mostrar como construir maquetes a partir de mapas com curvas de nível.

Algo que sempre interessou aos professores de geografia e aos seus alunos é a construção de maquetes em sala de aula.

Uma maquete com detalhes topográficos pode ser construída com certa facilidade a partir das cartas. Os detalhes aparecerão ou não dependendo da escala com que se trabalha. Na Faculdade pedi algumas vezes maquetes amplas e maquetes mais simples. Elas sempre ficaram corretas e bem bonitas. No Caraça (muito antigo e tradicional Internato em Minas Gerais, hoje museu e pousada) existe uma maquete muito interessante confeccionada em lâminas de madeira.

Os passos para a construção da maquete seriam:

- desenhar em folha fina o contorno geral do mapa;

-desenhar no mesmo tipo de folha toda curva de nível de menor altitude

-desenhar em folhas separadas cada uma das curvas de nível mapeadas

-cole cada uma dessas folhas sobre isopor de meio centímetro;

-recorte as curvas do isopor, usando agulha quente

-cole as peças (as curvas), montando o relevo: as curvas de maior altitude sobre as de menor, até o topo das montanhas mais altas;

-passar massa corrida para eliminar os degraus e depois pintar.

- o trabalho pode ser feito em EVA, papelão ou outro material, o essencial é manter a equidistância e o mesma espessura do material para cada curva.

- calcular o exagero vertical como veremos a seguir.

Tento ilustrar abaixo: Crie uma paisagem da sua imaginação, abaixo criei uma colina em curvas de nível e vou fazer uma maquete com ela.




Continua... Para ver todo o processo de construção da maquete em Geografia, entre na página do site Cartografia Escolar  - http://cartografiaescolar.wordpress.com/maquete/


Vídeo:   http://www.youtube.com/watch?v=IshOeGehBME&feature=player_embedded
 

Moldes de casas para imprimir, recortar e montar ou confeccionar maquetes!










































 

 

A história das Moradias, modelos de casas para recortar e montar e atividades!



Moradia:

Eixo de predominante: Levar o a conhecer diferentes tipos de moradia,
elacionando-as aos materiais de que são construídas, bem como aos aspectos econômi-
os e culturais das construções. Perceber a moradia como direito do cidadão.

Áreas: Geografia, Artes e Língua Portuguesa

Tema Transversal: Meio Ambiente

***Esclarecer para os alunos que eles irão pesquisar sobre os diferentes tipos de moradia
que existem no e outros países. Informá-los que a partir deste irão
produzir jogos da memória (ou outro final escolhido) para serem doados a classes da
infantil.
Vocês também poderão doar um exemplar para a biblioteca da .

É importante que toda a pesquisa sobre
diferentes moradias não se restrinja à sua
, mas também ao modo de vida das

pessoas que habitam diferentes lugares. Favelas
e outras habitações utilizadas por pessoas de
classes sociais desfavorecidas devem fazer
parte deste trabalho. Quanto mais os alunos
puderem estabelecer relações entre cultura,
moradia, situação econômica, clima,
vegetação e outros elementos, mais terão a
possibilidade de “construírem um olhar” para
as paisagens.
• Entrevistar moradores das moradias
pesquisadas para saber mais sobre seu modo
de vida pode ajudar os alunos a aprofundarem
seus conhecimentos. Para isso você deve
elaborar questões junto com os alunos e
socializar as descobertas.

A História das moradias:




Livro abordando o tema:






Alguns tipos de moradia:

































Moldes e modelos de para imprimir, recortar e montar!

Quer muito mais moldes de casas?












Atividades:









Molde de casa de papel para recortar e montar - usar em maquetes ou outros

  Este lindo molde de de pode servir para montar suas maquetes ou para trabalhos escolares.

e direitos da imagem: Casa de Papel
 

Um comentário: